sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

O que não escrever no currículo

Confira nove excessos cometidos pelos candidatos. E fuja deles!

Você enche o seu currículo de informações sem nenhum critério acreditando assim atrair o recrutador? Saiba que dessa forma você está fadado a não ser chamado para entrevistas. Na hora de elaborar o seu documento profissional também vale a máxima de que quantidade não é qualidade. A recomendação é escrever informações sobre formação, experiências e resultados que possam agregar no seu currículo.

É válido lembrar ainda que objetividade é a maneira mais eficaz de prender o recrutador. Portanto, se você é aficionado pela escrita, não caia na tentação do rebuscamento. Já dizia o poeta Carlos Drummond de Andrade: "Escrever é cortar palavras."

Com a ajuda de especialistas, o Empregos.com.br listou os principais excessos cometidos pelos candidatos no momento de montar o currículo. Livre-se deles.

1. Informar número de documentos

Mencionar número do RG, CPF ou outros documentos oficiais é uma "perda de tempo", diz Renata Schmidt, diretora da Foco Talentos, empresa do Grupo Foco especializada no recrutamento e seleção de estagiários e trainees. "No primeiro momento o recrutador quer mesmo é bater o olho no resumo de suas qualificações."

2. Colocar foto

Só envie a foto se a empresa pedir. Segundo Daniela Ribeiro, gerente da divisão de engenharia da Robert Half, empresa de recrutamento especializado, colocar a imagem no currículo sem ser solicitado pode soar negativo. "Alguns profissionais não têm muita noção e colocam uma foto que poderia ser postada no Facebook", afirma ela. "A ausência da foto não muda em nada na avaliação do recrutador", ressalta.

3. Preferir o cargo à área

No objetivo profissional entre citar o cargo e a área de atuação fique com a segunda alternativa. "Ao informar o cargo o candidato pode ser eliminado já que as nomenclaturas variam muito de empresa para empresa", afirma Daniela Ribeiro. Exemplo: Vendas (varejo) e não Supervisor de Vendas.

4. Informar redes sociais

Ainda conforme Daniela, o profissional só deve informar o endereço de rede social se julgar a ferramenta adequada. "Recomendo o Linkedin, rede de relacionamento profissional em que é possível visualizar o resumo do currículo." Na opinião da consultora, o candidato não deve mencionar as mídias sociais em que expõe mais a vida pessoal.

5. Cursos fora da área ou defasados

O profissional sabe que o recrutador valoriza a formação constante e vai "incrementando" o currículo com cursos realizados durante toda a trajetória sem nenhum critério. Se você faz isso, reveja agora o seu documento. "Um curso de culinária ou de vinhos só será interessante se o profissional trabalha na área gastronômica ou de nutrição", aponta Renata Schmidt, da Foco Talentos.

6. Desequilíbrio entre formação e experiência

Não dê mais importância à formação acadêmica em detrimento da experiência e vice-versa. Segundo Daniela Ribeiro, da Robert Half, o currículo deve retratar com coerência a trajetória profissional. "Se você tem poucos anos de experiência não faz sentido ter um currículo com muitas páginas. Por outro lado, não corte informações importantes que possam te vender", destaca a especialista.

7. Citar características comportamentais

Iniciativa, espírito de equipe e liderança, facilidade na comunicação, entre tantas outras habilidades são bastante valorizadas pelas companhias, mas não é para estampar no currículo. "Informe resultados obtidos em sua carreira", sinaliza Renata.

Daniela destaca que os números são muito bem-vindos. "Se você não pode quantificar os resultados, cite alguma atividade em que fez a diferença." A especialista lembra que competências comportamentais são checadas na entrevista.

8. Apelar para o social

Houve uma fase em que o profissional socialmente responsável tinha pontos com o recrutador. A onda, contudo, passou. A verdade é que nem todas as empresas estão interessadas em causas maiores, nem quer saber se você participa delas. "Às vezes a organização até valoriza esse tipo de ação, mas não está procurando profissionais com esse perfil", diz Renata.

Para a diretora da Foco Talentos, a informação também pode ser mencionada durante a entrevista de emprego.

9. "Matar" a língua

Salvo alguns cargos ter pleno domínio da língua portuguesa não é exigência das empresas. Isso não quer dizer que você pode escrever o currículo como se estivesse teclando com um amigo no Messenger. Dependendo da falha você pode ser desclassificado. Conte com o corretor ortográfico e dicionário. Em caso de dúvidas, peça para alguém revisar seu currículo.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Jovens profissionais: Como mostrar seriedade, apesar da pouca idade?

"As empresas querem pessoas que tragam novas ideias, que mostrem paixão e que resolvam os problemas", afirma especialista



Normalmente, juventude está associada à falta de experiência. Em decorrência disso, profissionais que acabam de entrar no mercado de trabalho enfrentam diversos problemas relacionados à postura profissional. No entanto, apesar da pouca idade, é possível, sim, mostrar seriedade, bastando estar atendo a alguns elementos comportamentais.

Especialistas de carreiras lembram algumas das principais falhas cometidas pelos jovens dentro das organizações, sendo elas, atrasos, faltas sem aviso ou justificativas, falta de comprometimento, problemas de relacionamento, inflexibilidade, entre outras. A lista, no entanto, não para por ai e tais condutas podem custar o emprego do jovem.

A coach de carreira e professora de psicologia organizacional na Veris IBTA, Claudia Carraro, explica que esses comportamentos comprometem muito a imagem do profissional. Logo, se o objetivo for se apresentar como um profissional sério e que pode ser cotado para uma promoção, é preciso ter cuidados nesses pontos.

Mudando de emprego

Outro elemento que é visto de forma negativa é ter curtas experiências profissionais em várias empresas. Do ponto de vista do selecionador, Claudia explica que o objetivo é encontrar um candidato que preencha a vaga em questão e que vá ficar um longo período na empresa. Assim, se constarem no currículo do candidato passagens por várias empresas, mas com períodos inferiores a seis meses, ele poderá ser avaliado como instável.

Claudia ressalta que a troca de emprego deve ser feita com muito critério e não baseada apenas em aumentos salariais, por exemplo. Se o profissional estiver considerando mudar de emprego, pois acredita que terá mais oportunidades na nova posição ou porque o novo cargo está mais coerente com seu plano de carreia, ele tem justificativas plausíveis para a mudança. Caso contrário, é aconselhável permanecer pelo menos um ano no emprego.

Na prática, as empresas querem profissionais em que possam investir. Portanto, o selecionador vai buscar um candidato que passe segurança nesse sentido, ou seja, que esteja interessado em ficar na empresa. De acordo com Claudia, isso fica claro quando os candidatos são questionados, no momento da seleção, sobre por que mudaram de emprego com frequência.

Não espere ninguém pedir

Além de saber se relacionar, mostrar comprometimento e respeitar a hierarquia e ser pró-ativo vão contribuir de forma determinante para formar uma imagem de profissional sério. A dica é sempre tentar solucionar os problemas que surgirem e se envolver nos projetos. Isso mostra que o indivíduo quer estar ali. “As empresas querem pessoas que tragam novas ideias, que mostrem paixão e que resolvam os problemas”, afirma Claudia.

Assim, apesar da pouca idade, mostrar-se um profissional pró-ativo, trabalhando e apresentando resultados, sem que seus superiores peçam, vai mostrar que o indivíduo veste a camisa da empresa, além de saber o que quer e aonde quer chegar.

Por fim, vale lembrar que promoções levam tempo. Uma das grandes características da geração Y, dos nascidos a partir de 1978, é a falta de paciência no desenvolvimento da carreira. Muitos, após um feedback positivo, já querem reivindicar aumento salarial ou cargos mais elevados. No entanto, pontua Cláudia, “não é assim que funciona”. A impaciência é algo que prejudica a imagem, mostrando, sobretudo, falta de maturidade.

A consultora de RH da Catho Online, Daniella Correa, lista algumas dicas que ajudam os jovens a firmar uma postura séria, lembrando que “essa conquista não será da noite para o dia e sim conforme os seus gestores e colegas de trabalho forem conhecendo e confiando no seu trabalho”.

■conhecer e adaptar-se à cultura, normas e procedimentos da empresa;
■entender como funciona um ambiente corporativo;
■perguntar em caso de dificuldades e trocar ideias;
■desenvolver suas habilidades;
■aplicar seus conhecimentos teóricos;
■adaptar-se à rotina empresarial;
■conhecer os processos da organização;
■demonstrar agilidade em suas tarefas, mantendo sempre a qualidade;
■ser pró-ativo;
■cumprir seus compromissos sempre no prazo determinado.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Manual sobre Crimes Digitais


O presente manual objetiva esclarecer alguns conceitos relativos aos novos fenômenos jurídicos que surgiram com o avanço tecnológico no setor da Informática e Tecnologia de Informações, e, traçados tais conceitos, apontar as conseqüências jurídicas pertinentes a tal fenômeno.

O público algo dessa obra, portanto, se torna por demais abrangente, haja vista que tais conseqüências jurídicas podem demandar a atuação e o conhecimento das mais variadas profissões. Ao desenvolvedor de software, é importante que se conheça os seus direitos e obrigações, e a responsabilização que possa receber no caso de criação de códigos maliciosos ou no caso de causar danos envolvendo o meu digital. Ao administrador de sistemas informáticos, é relevante que saiba quais atos dos usuários do sistema que administra podem ser considerados crimes digitais, ou como elaborar políticas de utilização dos recursos tecnológicos que previnam tais combinações

Acesse o manual

terça-feira, 4 de outubro de 2011

IFRS é linguagem universal


Do mesmo modo como acontece nas mais diferentes áreas, na Contabilidade a globalização também estabelece uma série de adequações, tendo em vista a busca de padrões e práticas. - Hoje numerosos países têm projetos oficiais de convergência das normas contábeis locais para as normas internacionais de contabilidade conhecidas como International Financial Reporting Standards (IFRS), inclusive o Brasil.

Bacharel em Ciências Contábeis com mais de 30 anos de atuação no setor, o sócio de auditoria da BDO RCS e professor de Contabilidade Internacional da Fundação Santo André, Jairo da Rocha Soares, é um entusiasta do assunto. "A contabilidade internacional é um tema fascinante, objeto de discussões permanentes na Fundação", diz Soares que também leciona nas faculdades Costa Braga e FMU e pós-graduação na Universidade Metodista.

O executivo ressalta que da mesma forma como os negócios desenvolveram dimensões internacionais ao longo da história, a contabilidade também se desenvolveu. Como exemplo, citou o crescimento do comércio internacional na Itália no fim da Idade Média (e o desejo do governo de encontrar uma maneira de cobrar impostos pelas transações comerciais) que levou à criação da escrituração contábil de partida dobrada, surgida em Veneza em 1942.

Nos idos de 1870, diante do crescente desenvolvimento das atividades comerciais, o império britânico constatou a necessidade de administrar e controlar as empresas nas colônias, por meio da revisão e verificação dos registros. Assim surgiu a profissão contábil pública organizada na Escócia e na Inglaterra. Desde então, há uma interação mútua entre auditores e consultores a fim de obter procedimentos e técnicas contábeis que permitam a revisão e o relato de demonstrações financeiras.

Desconhecida até o início dos anos 90, a Internet hoje é indispensável para a obtenção de informações financeiras internacionais. Além disso, o desenvolvimento das áreas de telecomunicação e informática possibilita que as informações sejam registradas, transmitidas e revisadas com velocidade e precisão inimagináveis anos atrás.

A contabilidade não atende somente aos interesses de gerentes e proprietários. Governos, grupos de consumidores e de mão de obra, ambientalistas e outros ativistas sociais e credores têm interesse nas atividades comerciais e precisam também ter acesso a dados financeiros precisos. "O crescimento explosivo de transações internacionais e o rápido aumento de companhias que buscam capital em mercados estrangeiros fizeram dos problemas contábeis internacionais um fato comum na vida das pessoas", destaca Soares.

China, abertura positiva

A China, por exemplo, é um importante personagem quando o assunto é contabilidade global. O professor Jairo da Rocha Soares lembra que no início de 2006 o Ministério das Finanças propôs um novo sistema de normas contábeis para empresas. Foram emitidos 39 pronunciamentos, conhecidos como Accounting Standard for Business Enterprises. "Enquanto o sistema antigo tinha como peça central a receita, os novos padrões introduzem o conceito da mensuração pelo valor justo, o que significa um relatório financeiro baseado mais no balanço patrimonial, assemelhado aos IFRS e absorvendo experiências dos países desenvolvidos. No entanto, isto não deve ser entendido apenas como uma reprodução dos IFRS, já que as características econômicas do país, em estágio de transformação, foram levadas em consideração", analisa.

Atingir a convergência das normas contábeis é mais do que um passo à frente para tornar a cadeia das informações contábeis mais eficiente e garantir que, futuramente, haja uma melhora geral da contabilidade e da auditoria na China. Tal convergência, efetivada em 1º de janeiro de 2007, contribuiu para promover uma reforma nas relações de negócios. As medidas ajudaram a garantir uma abertura positiva para a China, desenvolveram o mercado de capitais e criaram um modelo de competitividade internacional das empresas locais.

Países se diferenciam em conceitos culturais, economia, sistema legal, regulamentação, e competência dos profissionais da contabilidade. Por isso, a convergência não pode ser atingida sem que tais características e condições sejam consideradas. Além disso, convergência leva tempo. Para tanto, faz-se necessário um aprendizado que desenvolva a diversidade universal. Convergência significa interação, um constante aprendizado mútuo entre países e organizações contábeis, o que exige um alto nível de normas para os profissionais de finanças corporativas das empresas.

Compreensíveis e confiáveis

O sócio da BDO RCS explica, ainda, que as novas normas que convergem para os IFRS, com a adoção de uma linguagem de negócios em geral aceita ao redor do mundo, auxiliam os usuários das informações financeiras a não ficarem "presos" a aspectos e buracos consequentes das discrepâncias dos antigos sistemas ou padrões. Tal procedimento facilita a comparação de dados contábeis entre países, torna as informações mais confiáveis e compreensíveis, e possibilita relações sem fronteiras às empresas chinesas.

O novo padrão permite evidenciar os impactos de fatores micro e macro nas entidades. Dessa forma, revela impactos potenciais das renovações financeiras do mercado, o que acarreta maior eficiência de preços e alocação de recursos no mercado de capitais. É possível ainda traçar uma análise mais abrangente e completa das posições financeiras, aprimorando os controles internos. Este modelo é mais robusto em termos de reconhecimento e mensuração contábil, e tem uma apresentação mais didática.

"Convergência significa constante aprendizado mútuo entre países e organizações contábeis, o que exige alto nível de normas para profissionais de finanças"

CRC-PE com "Educação continuada em foco"

  

O Conselho Regional de Contabilidade em Pernambuco promove cursos e eventos para associados, profissionais e estudantes.

Acesse http://www.crcpe.org.br/diretorio/publica/2011/html/110712_crcemdia_cpc1.htm e fique por dentro de toda programação.


segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Por que ler nos faz nos sentir bem?


De acordo com um estudo da Universidade de Búfalo, publicado recentemente na revista Psychological Science, quando lemos um livro nos sentimos como parte da comunidade que protagoniza a narração. Este mecanismo satisfaz uma das necessidades humanas fundamentais: a de pertencer a um grupo

Para fazer as pesquisas os cientistas trabalharam com dois best-sellers: Harry Potter e a Pedra Filosofal e Crepúsculo. Além disso os pesquisadores estudaram a identificação de mais de cem pessoas com bruxos e vampiros, respectivamente, antes e depois de lerem fragmentos dos livros por um período de meia hora.

Com isso, descobriram que os indivíduos se identificavam com um ou outro grupo em função das experiências que os livros haviam proporcionado. Além disso tudo, o sentimento de pertencimento a uma das comunidades de ficção produz uma melhora no estado de ânimo e satisfação.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

A Focca na Bienal

A Focca terá presença marcante na VIII BIENAL PE 2011. Eis o recado do coordenador do curso de Letras:

"Nós que fazemos o Curso de Letras da FOCCA, Faculdade de Olinda, estaremos com o FOCCA em foco, como parte da Plataforma de lançamentos da UBE-PE. Eis a nossa agenda!

No dia 24/09, sábado, às 18 horas, Neilton Limeira e Adriano Marcena discutem Poetas no País da (A)gramática: ironia e reinvenção poética em Drummond e Manoel de Barros, sob a organização de Fábio Rafael.

Já no dia 27/09, terça-feira, às 19 horas, é a vez de recebermos o professor Adilson Jardim, que conversará com Neilton Limeira e Francisco Mesquita sobre O Ateliê de Arte e Literatura Potencial na Sala de Aula, quando contará sua experiência com o ALiPo, inspirado pelo grupo francês OuLiPo, ao qual pertenceu o escritor Georges Perec, por exemplo, e como está sendo aplicá-lo junto aos alunos-professores do curso de Letras da FAESC, de Escada.

Na quinta-feira, 29/09, às 19 horas, o tema será Leitura crítica e apresentação de produções afins na Revista Scientia Una, com a participação de Tibério Pedrosa (com o texto de Rodrigo Baldow, “O caso Galileu”) e Neilton Limeira, apresentando uma experiência vivenciada com a lunos do “Colégio Barra de Jangada”) .

E pra encerrar, no sábado, dia 01/10, às 17horas, Neilton conversa com o escritor Alexandre Santos, presidente da UBE-PE, sobre seu livro mais recente, Maldição e Fé (Bagaço, 2011), um dos grandes lançamentos da “Plataforma” desta edição da Bienal."

Atenciosamente,

Prof. Me. Neilton Limeira (Coordenador do Curso de Letras, FOCCA)

Bienal do livro


Entre os dias 23 de setembro e 02 de outubro de 2011, será realizado mais um capítulo da Bienal Internacional do Livro de Pernambuco. Com o tema “Literatura e Cidadania”, a Bienal chega a sua 8ª edição e o pavilhão de exposições do Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda (PE), volta a ser palco das discussões e debates que fomentam a feira literária referência de Pernambuco.

Nesta oitava edição do evento, livreiros, editores e distribuidores de todo o Brasil estarão reunidos mais uma vez, consolidando o Estado como um dos mais importantes pólos literários do país. O evento, que já faz parte do calendário cultural pernambucano, contempla leitores de todas as idades e escritores de todos os estilos. Um grande acontecimento que estimula o hábito da leitura em todas as camadas sociais, democratizando a informação inteligente.

O poeta recifense Mauro Mota e o escritor cearense Ronaldo Correia de Brito serão os grandes homenageados desta 8ª edição.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

O uso do ETC.

 O famoso “etc” é abreviatura de et caetera, expressão latina que significa “e outras coisas”. Vamos, então, tirar algumas dúvidas:

1) Exatamente porque a expressão contém o “e”, NÃO há necessidade de usarmos a conjunção “e” antes do “etc”:

“Comprei um casaco, uma gravata, duas camisas e etc.”
Basta: “…um casaco, uma gravata, duas camisas etc.”

2) Ainda por causa da presença do “e”, alguns autores condenam o uso da vírgula antes do “etc”:

“Comprei um casaco, uma gravata, duas camisas etc.”

Outros, porém, entendem que o “etc” é um elemento da numeração. Mereceria, assim, a vírgula:
“Comprei um casaco, uma gravata, duas camisas, etc.”

Estamos diante de um caso polêmico. É importante observar, no entanto, que, no Formulário Ortográfico, sempre aparece a vírgula

antes do “etc”. Agora, você decide.

3) Não há a necessidade de usarmos RETICÊNCIAS após o “etc”:

“Comprei um casaco, uma gravata, duas camisas etc…”

Ou você usa “etc” ou RETICÊNCIAS.

Pior são os “enfáticos”: ” e etc……”

4) É “ridículo” usarmos o “etc” após um único elemento:

“A violência urbana tem várias causas: a fome e etc.”

5) Não devemos usar o “etc” para “pessoas”, pois significa “e as demais coisas”:

“Compareceram à reunião o presidente, os diretores, alguns supervisores etc.”

Isso significaria: “o presidente, os diretores, alguns supervisores e outras COISAS

Biblioteca do Congresso dos EUA disponibiliza arquivo musical na web


A biblioteca do Congresso norte-americano (Library of Congress), em parceria com a Sony, disponibilizou na internet seu catálogo de músicas, discursos, poesia e comédia gravados no país até o ano de 1925. No total são mais de 10 mil arquivos que podem ser acessados pelo site do serviço.

Segundo o jornal "The Washington Post", o chamado "National Jukebox" é considerado o maior acervo de gravações históricas já disponibilizado na web. A biblioteca afirma, também, que o conteúdo será atualizado nos próximos meses e anos. Um livro virtual chamado "Victrola Book of the Opera" mostra a descrição de 110 óperas da época, com ilustrações, sinopses e uma lista de gravações.

"A falta deste conteúdo cirou uma amnésia cultural. Eu acho que o 'National Jukebox' fará com que as pessoas redescubram os artistas e personalidades", disse o criador da área de audiovisual da biblioteca do Congresso dos EUA, Patrick Loughney.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

9 de setembro - Dia do administrador


No dia 09 de setembro é dia do administrador, a profissão está completando 46 anos, é uma profissão muito jovem, no entanto segundo o Censo da Educação Superior em 2009, Administração era o curso superior mais procurado.

Isso deve-se principalmente a grande quantidade de áreas onde os profissionais formados em Administração podem atuar. Administração de empresas, de fazendas, administração hospitalar, gestão de pessoas, recrutamento e seleção, marketing, consultoria, administração financeira, professor de graduação, gestão estratégica, etc.

Essas são apenas algumas áreas onde o Administrador pode atuar.

As empresas não são obrigados a terem um profissional Administrador, porém o reflexo disso é que a maioria das empresas fecham suas portas nos primeiros anos de vida. A administração é importante para as empresas, mas também é útil para nós mesmos, para que saibamos administrar nossas próprias vidas.

Como é que vamos administrar uma empresa se não dermos conta de administrar nossas próprias vidas.

Temos muito a comemorar neste dia, mas precisamos nos empenhar para que nossa profissão seja ainda mais reconhecida, infelizmente ainda vemos muitas pessoas dizendo que são administradores, porém nunca cursaram Administração e nem ao mesmo utilizam as técnicas e teorias da Administração.

Parabéns aos Administradores e estudantes de Administração!

Especialista aponta as gafes mais comuns no ambiente de trabalho


Funcionários que trabalham lado a lado, de frente um para o outro. Salas pequenas, portas frágeis que não isolam o som ou divisórias transparentes. Os trabalhadores hoje estão mais expostos, se vêem mais, se comunicam mais e, assim, aumentam as chances de cometerem gafes.

Na sala de um escritório, todo dia é dia de rir com a coordenadora Bernadete Conceição. “Dizem que eu cometo muitas gafes, mas eu não concordo”, diz. O consultor tributário Cristhian Souza explica: “Várias vezes ela dá gafe, já estamos até acostumados”. A fama chegou à sala do chefe Mario Hessel: “Os funcionários, de uma maneira carinhosa, acabaram a intitulando como rainha das gafes, mas são gafes pequenas que só trazem um bom ambiente de trabalho”.

A entrevista com Bernadete durou quatro minutos, tempo suficiente para entender porque ela ganhou o apelido dos colegas. “Uma vez, por exemplo, eu não sabia que um colega estava namorando uma menina do mesmo setor. Eu fiz um comentário sobre a voz e o jeito dela e ele disse 'não sei se você sabe, mas nós estamos namorando'”. Em outra situação, a secretária de um funcionário disse que ele queria falar com ela: “Eu achei que era ao telefone, aí fiz um comentário um tanto quanto desagradável. Quando olhei, ele estava atrás de mim”, relata.


O consultor de RH Minoru Ueda aponta quais são as gafes mais comuns no ambiente de trabalho, com as quais todos devem tomar cuidado:

- Não exagere na roupa ou no perfume. Isso chama demais a atenção para você e não para o seu trabalho.

- Não fale alto e, se for no celular, melhor sair da sala.

- Cuidado com a “rádio peão” ou com as conversas de corredor que não passam de fofoca.

- Se for pedir demissão procure direto o seu chefe e não o RH da empresa.

- Cuidado com as correntes de emails do tipo ‘passe essa mensagem para quantos suportarem’.

- Quando atender ao telefone não se esqueça de anotar os recados.

Na empresa onde a Bernadete trabalha o tempo fecha quando um funcionário fala mal de outro. “Nós temos um código de conduta interno, mas sempre há uma segunda chance, até uma terceira. A gente deve orientar a pessoa como se comportar de tal modo que não crie uma amizade hostil e que pode até prejudicar a produtividade do trabalho”, explica Mario Hessel.

Para quem pretende pedir um aumento de salário, o consultor dá um conselho: "A grande gafe do aumento é quando você se compara com outro cidadão. Vá primeiro observando quais são suas qrealizações e principalmente o autoconhecimento, pedindo para que seu gestor saiba o que você tem que desenvolver. Aí você está alinhando sua expectativa com a expectativa da organização e do seu gestor. Principalmente observar o quanto você pode agragar de valor dentro da organização".

terça-feira, 6 de setembro de 2011

A livraria que inspirou o filme Um Lugar Chamado Notting Hill fechará


Livraria inspirou o neozelandês Richard Curtis, roteirista da comédia romântica

Roteirista teve ideia para comédia romântica com Julia Roberts e Hugh Grant ao visitar o local

A livraria que inspirou o popular filme Um Lugar Chamado Notting Hill fechará após 32 anos, apesar de ter se transformado em uma grande atração turística da capital britânica.

The Travel Bookshop se transformou em um lugar de peregrinação para fãs do filme, que arrecadou mais de 253 milhões de euros em bilheteria e vendas de DVDs no mundo todo. A comédia romântica conta a inesperada história de amor entre uma famosa atriz, interpretada por Julia Roberts, e o livreiro londrino William Thacker, vivido por Hugh Grant.

Embora o filme não tenha utilizado o local, que deve fechar as portas em duas semanas, The Travel Bookshop serviu de inspiração para seu roteirista. Ao contrário das dezenas de livrarias locais, que foram obrigadas a fechar após o sucesso das vendas online e da concorrência das grandes cadeias, o estabelecimento decidiu fechar as portas porque o filho do proprietário, que há 25 anos reside na França, não quis dar continuidade ao negócio.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

EUA: apenas 10% dos alunos acha importante escrever em papel


Um dia após o Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) divulgar os resultados de uma pesquisa sobre o uso da rede no processo educativo da rede pública de ensino, o site americano Education Database Online apresenta um infográfico que demonstra a frequência de acesso dos alunos locais à tecnologia e aos gadgets eletrônicos em geral.

As diferenças são evidentes, como era de se esperar, mas é curioso perceber que por lá também há discrepâncias de conceito, como o fato de que apenas 10% dos alunos acredita que anotações no caderno são importantes para os estudos.

De acordo com a pesquisa, 98% dos estudantes possuem algum tipo de dispositivo eletrônico e, segundo dados de um levantamento da Universidade de Maryland, a abstinência de uso da tecnologia por aproximadamente 24 horas levou vários jovens a apresentar sintomas similares aos da dependência de drogas e álcool.

No momento em que se discute o futuro do livro e a lenta adoção do ebook como formato de leitura, impressionantes 46% dos entrevistados apontou preferência pelo formato digital para suas leituras, ao passo que 82% deles utiliza os dispositivos eletrônicos para escrever.

Enquanto a pesquisa do CGI.br afirmava que "apenas 20% dos professores se utilizam dos recursos da internet como instrumento para organizar e mediar a comunicação entre professor e aluno e entre os próprios alunos", o levantamento do Onlineeducation afirma que 91% dos estudantes dos Estados Unidos troca informações com seus professores pelo Twitter e 13% deles os contata via celular.

Livros científicos gratuitos


A National Academies Press (NAP), editora das Academias Nacionais de Ciência dos Estados Unidos (National Academy of Sciences, National Academy of Engineering, Institute of Medicine e National Research Council) passou a oferecer seu catálogo completo, com mais de quatro mil títulos, para ser baixado e lido de graça pela internet. A NAP publica mais de 200 livros por ano nas mais diversas áreas do conhecimento, com destaque para publicações em política científica e tecnológica. Acesse: http://www.nap.edu/

terça-feira, 9 de agosto de 2011

11 de agosto - Dia do advogado


O artigo "Dia do Advogado" é de autoria do presidente da Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Rio Grande do Sul, Claudio Lamachia, e foi publicado no jornal O Sul (RS):

"Hoje é um dia muito especial para a classe dos Advogados. A data máxima da Advocacia - 11 de agosto - deve remeter os profissionais das leis à honradez da carreira escolhida, tão importante para nós quanto para nossas famílias e a sociedade. É dia de pleno regozijo, pois escolhemos percorrer a trilha que leva a Justiça aos cidadãos, caminho muitas vezes árduo e sinuoso, é certo, mas de inigualável glória a cada passo dado adiante.

O que melhor caracteriza o Advogado, em especial o gaúcho, não é a simples busca pelo sucesso pessoal como objetivo primeiro e último, mas também a firme determinação de entrar numa luta para promover o bem comum, a saciedade dos anseios dos que necessitam e a distribuição do bem-estar entre todos. Os resultados positivos, em qualquer dos casos, é motivo de orgulho que estimula o caminhar adiante, enobrece o espírito e desperta novas forças para se manter nas batalhas do exercício profissional. Assim é o Advogado.

A própria história brasileira, em seus momentos mais marcantes e sensíveis, registra a saudável obstinação dos Advogados em alcançar e distribuir Justiça, em ter auxiliado, por exemplo, na implantação, no Brasil, do tão sonhado Estado Democrático de Direito. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), suas seccionais e outros defensores da cidadania tiveram - e têm - suas trajetórias unidas desde que surgiu a primeira ameaça aos princípios basilares de uma sociedade democrática, igualitária e justa. Nesses momentos viu-se, de forma clara, que os advogados são feitos de têmpera inquebrantável e de forte espírito solidário, pois se mantiveram unidos em torno de uma causa comum.

Por vários motivos, a Advocacia é caracterizada por especial singularidade. É a opção por ofício que muitas vezes não permite ter horários próprios com familiares e amigos ou repouso entre uma causa e outra. É luta diária e sem trégua para que os resultados beneficiem o cidadão. É uma das rotas da religião do Direito.

Profundo conhecedor das mazelas humanas, o Advogado pode se orgulhar de ser um aríete na guerra contra as desigualdades. Tem compromisso com tudo o que diz respeito à defesa da cidadania. Por vocação, orientação e escolha, leva com ele a bandeira da constitucionalidade em todos os seus atos. Destemido e consciente, sempre que necessário une-se aos seus iguais para combater a iniqüidade, as más políticas e o descompromisso social.

Muitos outros motivos podem ser arrolados para justificar nosso sincero sentimento de júbilo por sermos Advogados. O maior deles, no entanto, dentre outros igualmente relevantes, talvez seja o de nunca esmorecermos diante dos desafios que advem da confiança que em nós depositam os que nos procuram para defendermos seus direitos. Por princípio constitucional (Art. 133 da CF/88), somos indispensáveis à administração da Justiça, e isso nos torna agentes essenciais à defesa da cidadania em toda a sua abrangência e importância. Assim, atuamos sempre como responsáveis diretos pelo bem-estar coletivo, condição obtida somente a partir de uma democracia que respeite os princípios da legalidade e da vontade popular. Sermos protagonistas desta realidade é motivo de orgulho para todos nós.

Parabéns a todos os profissionais de Direito pelo seu dia.

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Canal do Livro disponibiliza 50 LivroClips na internet


As escolas de todo o Brasil podem contar com um acervo de 50 LivroClips para acesso gratuito. O Instituto Canal do Livro (associação sem fins lucrativos que visa transformar os textos literários em objetos educacionais na internet) disponibiliza 13 trailers de obras infantis e 37 de clássicos da literatura nacional e internacional como Recursos Educacionais Abertos (REA) na internet.


Professores e alunos podem acessar a página do LivroClip no You Tube (http://www.youtube.com/livroclip), assistir, exibir na sala de aula, copiar os arquivos e até mesmo postar nas próprias redes de relacionamento. “O objetivo é estimular a leitura por meio de um trailer lúdico e divertido”, explica Luiz Chinan, presidente do Instituto Canal do Livro.

O internauta vai encontrar obras de grandes autores como Machado de Assis, Álvares de Azevedo, Shakespeare, Haroldo de Campos, Hilda Hilst, Fernando Pessoa e Oswald de Andrade. Trailers de livros recentes como “O doce veneno do escorpião” que conta a história de Bruna Surfistinha também estão no acervo.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Fonte de talentos: Como voltar ao mercado de trabalho depois dos 60? Especialista em gestão de pessoas explica o que é necessário para recomeçar


Nos últimos anos, a economia aquecida possibilitou maior oferta de postos de trabalho no Brasil e uma novidade: oportunidades para profissionais mais velhos. 

Recente esquisa do Ministério do Trabalho destacou o crescimento no número de empregos na faixa etária de 50 a 64 anos e acima dos 65 anos. A criação de postos de trabalho para essas idades teve aumento de 10,28% e 12,77%, respectivamente.

A constatação é vantajosa para profissionais e empregadores, segundo Juliana Almeida Dutra, especialista em gestão de pessoas e clientes e diretora executiva da Deep - Desenvolvimento e Envolvimento Estratégico de Pessoas e Clientes.

Para quem está longe do mercado de trabalho por algum tempo, voltar à ativa aos 60 pode ser um grande desafio: o convívio com profissionais mais jovens, conectados à internet e às redes sociais e mais inteirados das novidades em suas áreas de atuação, a necessidade de falar outros idiomas e de ter uma atuação multidisciplinar etc. 

"Os mais jovens podem ter muitas habilidades tecnológicas, porém, muitas empresas buscam profissionais experientes, com maturidade para atuar em posições estratégicas", ressalta Juliana. Aos profissionais rumo ao recomeço, a especialista lista algumas recomendações:

•Procure um trabalho alinhado à sua experiência profissional anterior;
•Identifique suas principais competências e procure em que sua competência vai acrescentar ao resultado do trabalho;
•Identifique seu diferencial de mercado e comece por ele sua busca. Isso facilita as entrevistas dos processos de seleção;
•Construa um currículo valorizando sua experiência;
•Lembre-se: as entrevistas hoje objetivam a competência. Por isso, recapitule momentos em que seu trabalho lhe trouxe realmente muito orgulho. Conte ao entrevistador;
•Não pareça resistente às mudanças e novidades, pelo contrário, coloque-se aberto a aprender tudo o que for possível;
•Garanta sua apresentação pessoal e postura profissional; são muito importantes;
•Procure ler jornais e revistas, notícias na internet, que possam atualizá-lo sobre a área que busca.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Como aproveitar melhor os recursos de pesquisa do Google – parte II



Dois recursos que muita gente despreza, talvez por pressa, talvez por preguiça, são a “pesquisa avançada” e as “configurações da pesquisa”. Na verdade, é possível reproduzir esses recursos acrescentando alguns parâmetros extras na pesquisa simples, mas, se você desconhece estes parâmetros e ainda assim quer melhorar seus resultados, alterar as configurações e usar a pesquisa avançada são o melhor caminho. O primeiro passo é saber onde estão estas opções na página principal do Google, que passou por modificações recentemente. Veja como:

Configurações de pesquisa

Disponível na barra superior escura do Google atual, ao lado da opção “fazer login”. Selecione configurações de pesquisa. Nesta página, você pode mudar suas preferências em relação ao idioma da interface, aos idiomas de pesquisa (muito útil quando você quiser restringer resultados a uma determinada língua) e alterar o número de resultados na tela (o padrão do Google é 10 resultados por tela, mas é possível visualizar até 100). Também há a opção “Filtro SafeSearch”, útil se você quiser eliminar dos seus resultados páginas com conteúdo impróprio.

Pesquisa avançada

Disponível também na barra superior escura, no ícone ao lado da opção de login. A pesquisa avançada do Google funciona com base em operadores booleanos (AND, OR e NOT). Não é preciso ser especialista nesses operadores para usar a pesquisa, no entanto, pois o Google é bastante intuitivo nesse sentido. Assim, ao digitar no campo “todas as palavras”, sua busca será equivalente ao operador AND, ou seja, o Google trará resultados em que todas as palavras digitadas aparecem na mesma página. Já o campo expressão ou frase exata busca uma frase tal como ela foi digitada, na mesma sequência de palavras. É o equivalente às aspas (” “) na pesquisa simples. Os operadores OR e NOT também são fáceis de entender e usar, cada qual em campos separados.

A pesquisa avançada também traz a opção de alterar a quantidade de resultados por página, alterar o idioma e, o que pode ser mais útil, restringir seus resultados a um determinado tipo de arquivo (é possível procurar só por pdfs, por exemplo) ou dentro de um site específico.

Mais abaixo, no fim da página, você encontrará um sinal de mais (+) ao lado do link “data, diretos de uso”. Ao clicar nesse sinal, mais opções aparecem para deixar a pesquisa ainda mais restrita. É possível selecionar a data de publicação da página, em que local da página devem aparecer os termos que você digitou (é possível escolher palavras apenas do título, por exemplo) e em que país o conteúdo foi publicado. Mecanismos para encontrar páginas semelhantes também estão disponíveis.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Como aproveitar melhor os recursos de pesquisa do Google – parte I


Há quem se oponha ao uso extensivo do Google, popular mecanismo de busca na Internet, como única alternativa para procurar informação. De fato, há ferramentas especializadas, como as bases de dados normalmente disponibilizadas pelas bibliotecas universitárias, que oferecem acesso à informação em quantidade e qualidade muito superiores ao que seria possível encontrar usando apenas o Google. Por outro lado, não dá para negar que, ao menos no lado ocidental do planeta, todo mundo já recorreu ou vai recorrer ao Google alguma vez na vida. Já que não é possível fugir dele, melhor saber usá-lo melhor, não é mesmo? Aqui vão algumas dicas de como melhorar seus resultados usando uma pesquisa simples:

1) Pesquisa de frase: este é talvez um dos “truques” mais conhecidos no Google: pesquisar uma sequência exata de palavras, numa ordem específica, sem alterações. Seu uso se dá a partir de aspas (” “) no início e no fim de um determinado conjunto de termos. Ex: “arquivo do estado de são paulo” trará somente resultados em que esta frase exata ocorrer.

2) Termos a serem excluídos: ao inserir um sinal de menos (-) antes de uma palavra, você dirá ao mecanismo quais termos não devem aparecer nos resultados. Ex: a busca [religioes brasil -catolicismo -cristianismo] iria trazer resultados sobre as religiões do Brasil, excluindo os termos catolicismo e cristianismo. Dica: O sinal de menos deve aparecer imediatamente antes da palavra, precedida por um espaço.

3) Pesquisa em um site específico: você quer informações que sabe estarem em um determinado site, mas esse site não possui uma busca interna? Sem problema! Com o uso da expressão (site:) é possível determinar a partir de que local os resultados devem ser retirados. Ex: a consulta [iraque site:estadao.com.br] retornará páginas sobre o Iraque, mas somente dentro do site estadao.com.br. Também é possível determinar um tipo de site específico. Assim, [copa do mundo:.gov] trará resultados sobre a copa retirados somente de sites governamentais (www.brasil.gov.br, por exemplo).

4) Operador OR: Se você deseja que qualquer uma das palavras pesquisadas retornem resultados, poderá usar o operador OR. Por exemplo, [campeão brasileiro 1994 OR 2005 ] retornará resultados sobre qualquer um desses anos, enquanto [campeão brasileiro 1994 2005 ] (sem OR) mostrará páginas que incluam ambos os anos na mesma página. Dica: só funciona se você digitar OR em letras maiúsculas. Lembre que o Google já usa o operar AND como padrão, portanto não é preciso digitá-lo.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Biblioteca pública é construída com mil caixas de cervejas



Na cidade de Magdeburg, na Alemanha, uma iniciativa, que partiu da própria população, está diminuindo a quantidade de lixo no município e, ainda, incentivando o hábito da leitura entre os moradores: é a Open Air Library, uma biblioteca pública construída, basicamente, com mil caixas de cerveja.

As embalagens plásticas, que são habitualmente usadas para vender a bebida em lotes, foram doadas por uma empresa da região e, para erguer a biblioteca, a própria comunidade pôs a mão na massa, com a ajuda do escritório de design Karo, que fez o acabamento da obra reutilizando partes da fachada de um armazém abandonado da cidade.

Depois de pronta, a biblioteca continua dependendo da boa vontade da população: os mais de dois mil livros de seu acervo foram doados pelos moradores e a conservação das obras e do espaço também depende deles. Isso porque não existem seguranças nem bibliotecários no local, que fica aberto 24 horas e funciona na base da confiança mesmo: qualquer um pode entrar no edifício, pegar um livro e levar para casa.

Por enquanto, todas as obras foram devolvidas e a população está cada vez mais orgulhosa da iniciativa, que recebe doações de livro, praticamente, todos os dias. Será que uma biblioteca colaborativa, no estilo da Open Air Library, funcionaria por aqui?

O edifício público – que ainda conta com área externa com muito verde e espaço para apresentações culturais – foi desenvolvido com a intenção de recuperar a autoestima dos moradores da cidade, que ficou praticamente abandonada depois da reunificação da Alemanha. O objetivo parece ter sido alcançado, não?

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Eça de Queirós em formato digital


A exemplo do que fez a instituição portuguesa Casa Fernando Pessoa, que disponibilizou na Internet praticamente toda a obra de Fernando Pessoa (vale lembrar que hoje, 13 de junho, 

Pessoa completaria 123 anos), a Biblioteca Nacional de Portugal também vem fazendo um esforço para divulgar a bibliografia e documentos inéditos de alguns importantes escritores portugueses. 

Talvez um dos exemplos mais significativos seja a página dedicada a Eça de Queirós, importante autor realista do século XIX, e até hoje leitura obrigatória para qualquer estudante da língua portuguesa.

Descrição da vida e obra do escritor, documentos históricos, iconografia e as obras completas de Eça, disponíveis para download tanto em formato PDF quanto em imagem. Basta escolher o livro e iniciar a leitura!

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Portal de Periódicos Capes terá versão para smartphones e tablets


A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) está desenvolvendo, em parceria com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP),uma versão de fácil acesso ao Portal de Periódicos para aparelhos smartphones e tablets. 

A versão ainda está em fase de testes, mas os usuários que quiserem contribuir com sugestões podem encaminhar suas observações para periodicos@capes.gov.br.

O diretor de Programas e Bolsas no País, Emídio Cantídio, e o diretor de Avaliação, Livio Amaral, participaram no último dia 31 de uma reunião para elaboração da nova ferramenta e diversas sugestões foram dadas para a melhoria da versão de teste. 

A equipe do Projeto de Atualização Funcional e Tecnológica do Portal de Periódicos da Capes já está providenciando as alterações solicitadas e adquirindo novos equipamentos para o desenvolvimento desta versão.
Acompanhe o site Portal de Periódicos para mais atualizações.

Portal de Periódicos
Lançado em novembro de 2000, o Portal de Periódicos da Capes é considerado uma biblioteca virtual que reúne conteúdo científico de alto nível, disponível à comunidade acadêmico-científica brasileira. Em dez anos, o acervo do Portal passou de 1.882 títulos de periódicos com texto completo, para 26.372 títulos. O número de instituições usuárias foi multiplicado por quatro, passando de 72 instituições para 311. Em 2010, foram contabilizados 67.392.805 acessos.

terça-feira, 12 de julho de 2011

Livro de Darwin é devolvido à biblioteca australiana com 122 anos de atraso

Os funcionários da Camden Library, em Sidney, na Austrália, nem sabiam, mas uma cópia do importante (e raro) livro Insectivorous Plants, de Charles Darwin, fazia parte de seu acervo. Mas não por incompetência. O problema é que ele foi emprestado há muito tempo...122 anos, mais precisamente.


Eles só ficaram sabendo da existência do livro esta semana, depois que uma universidade local herdou uma coleção particular. O exemplar estava nas mãos do tal colecionador, um senhor cujo nome não foi divulgado, há pelo menos 50 anos. Por onde ele andou nos 72 anteriores, porém, ninguém faz ideia.


E para quem já está se perguntando o valor da multa, ela até foi calculada: US$ 35 mil dólares australianos (quase R$ 60 mil), mas ninguém vai ter que colocar a mão no bolso. O livro foi devolvido justamente no “mês de anistia de multas”, promovido pela biblioteca para ajudar instituições de caridade: em vez de pagar a taxa pelo atraso, os leitores são incentivados a fazer doações.


O empréstimo aconteceu no dia 30 de janeiro de 1889, conforme atesta um selo colado até hoje na contracapa. “Eles viram o selo e nos mandaram de volta (o livro). Ficamos absolutamente maravilhados, eis esse fantástico livro antigo que pode voltar ao nosso acervo”, comemora a gerente de serviços comunitários da biblioteca, Linda Campbell.


A instituição, agora, parece não estar nem um pouco disposta a arriscar: o livro jamais será emprestado novamente. “Ele será preservado, estará aqui, as pessoas poderão vê-lo, mas ele não sairá por empréstimo”, explica Campbell.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Lançamento de livro


Festa de lançamento: 21 de julho de 2011 - 19:00 h
Local: Casarão do Ribeiro
R. do Bonfim, 20 - Carmo (Em frente à Focca)

Acervos digitais multimídia


Domínio Público

Biblioteca digital, desenvolvida pelo Ministério da Educação, que disponibiliza gratuitamente textos, imagens, vídeos, áudios que estão livres de direitos autorais. Além de livros de autores da literatura brasileira e portuguesa, o sistema recupera publicações científicas da base de teses e dissertações da CAPES.

Em português.

Internet Archive

Organização estadunidense sem fins lucrativos, fundada em 1996. Dedica-se a manter e disponibilizar arquivos multimídia de todos os tipos (imagens, vídeos, áudios, textos, livros e softwares). Como uma biblioteca pública, o site oferece acesso gratuito e livre a pesquisadores, historiadores, estudantes e aos interessados em geral. Ali é possível encontrar um pouco de tudo, até comerciais antigos de televisão.

Neste site é possível acessar a Wayback Machine, uma espécie de “memória digital”, com cerca de 150 bilhões de páginas da web desde 1996.
Em inglês.

Wikimedia Commons

Portal do projeto Wikipédia que oferece um grande acervo de imagens, arquivos de áudio e vídeos. Está disponível em português e em outras diversas línguas.



Imagens
Copyright-Friendly


Apresenta várias dicas de links. A maior parte está em Creative Commons Licensing. Em inglês.


Flickr Creative Commons

Muitos usuários do Flickr escolheram oferecer o trabalho deles sob uma licença da Creative Commons, e você pode navegar ou buscar o conteúdo sob cada tipo de licença. Em português.


MorgueFile

Banco de imagens gratuito aberto a contribuições. Em inglês.


Freerange

O banco de imagens oferece fotos em alta resolução grátis para uso em projetos pessoais ou profissionais. Para fazer o download das imagens é preciso fazer um cadastro, mas ele é gratuito. Fotógrafos também podem enviar suas fotos e serem remunerados por elas. Em inglês.


Stock.Xchng

Comunidade onde se compartilham imagens gratuitamente. As imagens têm pouca resolução, o que é ideal para usos voltados para a web e trabalhos multimídia. Em inglês.


Microsoft Office - Busca de Imagens

O portal da Microsoft também oferece download de fotos, cliparts, ilustrações e gifs gratuitos. Em português.


Banco de Imagens do Estado de São Paulo

Banco de fotos, em alta resolução, dos municípios paulistas que tem o objetivo de facilitar a pesquisa sobre os pontos turísticos do Estado. São mais de 3 mil fotos gratuitas de mais de 300 municípios. Foi idealizada pela Federação de Convention & Vistitors Bureaux do Estado de São Paulo, em conjunto com o Governo do Estado de São Paulo e a EMBRATUR. Também está disponível em inglês, espanhol e francês.



Sons e músicas
Jamendo


Comunidade de música livre, legal e publicação ilimitada sob as licenças Creative Commons. É possível compartilhar e baixar as músicas. Pode ser acessado em diversos idiomas, inclusive o português.


Mutopia

Projeto onde é possível baixar livremente partituras e arquivos midi de músicas clássicas. Em inglês.


Dance Industries

O site oferece, em Copyleft, uma grande variedade de arquivos de MP3 nos gêneros dance, tecno e eletrônica. Em inglês.


International Music Score Library Projecto (IMSLP)

Diferentemente dos outros, neste site só é possível ter acesso a partituras e não a arquivos de músicas. Porém é considerada a maior biblioteca online de partituras do mundo. Também é totalmente colaborativo, e as contribuições são muito bem vindas. Além de todas as obras de domínio público o site oferece músicas de compositores que estejam dispostos a compartilhar seu trabalho com o mundo gratuitamente. Em inglês.



Projeto Livro Falado
Proporciona o acesso às obras por pessoas com deficiência visual. O acervo conta com livros em formato de áudio do Ziraldo, João Cabral de Melo Neto, Jorge Amado, Pedro Bandeira, Sylvia Orthof, Sonia Junqueira e outros autores.



Filmes e vídeos
Public Domain Torrents


Site onde se pode obter legalmente filmes clássicos e filmes B que caíram no domínio público. Para fazer o download, é preciso usar um software/protocolo para torrents. Dá para assistir aos filmes no DVD, no iPod e até mesmo no Playstation Portátil.


Emol

Seu acervo oferece centenas de filmes e cartoons de forma livre e legal, incluindo aqueles que já caíram em domínio público e foram bastante populares durante o século 20. Não é necessário nenhum software específico para baixar ou para assistir os filmes. Em inglês.


Black and White Movies

Possui uma grande coleção de filmes antigos, em branco e preto (como diz o nome do site), que podem ser baixados ou só assistidos. São organizados por ano, categoria e por ordem alfabética. Estão todas em domínio público, porém não há legendas. Em inglês.



Livros, jornais e revistas em geral
Imprensa Oficial do Estado de São Paulo - IMESP


Editora, ligada ao Governo do Estado de São Paulo, que também presta serviços gráficos para órgãos públicos do Estado e entidades do Terceiro Setor. Seu site disponibiliza a íntegra das seguintes publicações e coleções:

- Diário Oficial do Estado de São Paulo: o acesso às edições, desde 1891, é integral e gratuita;
- Coleção Aplauso: traz biografias de artistas, cineastas e dramaturgos nacionais; além de roteiros de cinema, peças de teatro e a história de diversas emissoras de TV. Caso o leitor prefira a versão impressa, todos eles podem ser encontrados em livrarias de todo o país;
- http://www.imprensaoficial.com.br/jornalex/: produzido entre 1973 e 1975, com periodicidade mensal, o EX foi um dos expoentes da chamada mídia alternativa durante a ditadura militar, reconhecido por suas reportagens aprofundadas, textos ácidos e imagens provocativas.

Arquivo Público do Estado de São Paulo - Jornais e Revistas

Subordinado ao Governo do Estado de São Paulo, o Arquivo mantém e disponibiliza para pesquisa um rico acervo que conta a história do Estado de São Paulo. A instituição tem digitalizado e colocado na internet parte de seu acervo de documentos, jornais e revistas. Por exemplo, é possível consultar exemplares de edições antigas de jornais de comunidades de imigrantes em São Paulo e revistas, como A Cigarra.


Jornal Última Hora

O Arquivo Público do Estado de São Paulo também digitalizou as edições do jornal carioca Última Hora. Foi lançado em 1951, em pleno governo de Getúlio Vargas, pelo jornalista Samuel Wainer. É considerado um marco no jornalismo brasileiro, inovando em termos técnicos e gráficos. A coleção vai até 1970.


Projeto Gutenberg

É a mais antiga biblioteca digital do mundo, tendo sido criada em 1971 por um estudante da Universidade de Illinois (EUA). Trata-se de um projeto colaborativo, desenvolvido com a ajuda de voluntários em todo o mundo, que reúne obras em domínio público digitalizadas, para serem “baixadas” gratuitamente. A maior parte do acervo é composta por livros de literatura, mas outros tipos de obras também estão presentes (como livros de referência e periódicos). Há obras em diversas línguas, inclusive o português. Há também uma versão da página em português.


Wikilivros

Projeto da Wikimedia Foudation dedicado ao desenvolvimento colaborativo de livros, apostilas, manuais e outros textos didáticos de conteúdo livre. São diversos temas em diversas línguas. Há uma versão da página em português.


Biblioteca Digital das Artes do Espetáculo - Revistas “A Scena Muda” e “Cinearte”

Disponibiliza a coleção digitalizada completa das duas primeiras revistas brasileiras dedicadas ao cinema: “A Scena Muda” e “Cinearte”, editadas na primeira metade do século 20. Projeto desenvolvido pela Biblioteca Jenny Klabin Segall do Museu Lasar Segall, em São Paulo.


Revista Veja

Em comemoração ao seu aniversário de 40 anos, a revista VEJA digitalizou todo o seu acervo e o disponibilizou na web. Todas as edições poderão ser consultadas na íntegra em formato digital.


Google Books (Revistas)

É possível “folhear” diversas revistas estrangeiras e nacionais, na íntegra.


Biblioteca Digital Camões

Desenvolvida pelo Instituto Camões de Portugal, disponibiliza textos literários portugueses (romances, contos e poesia), textos acadêmicos (teses e dissertações apresentadas em universidades estrangeiras no âmbito dos estudos portugueses), textos sobre arte, ensaios de temas diversos, revistas, etc.


Machado de Assis - Obra Completa

O Ministério da Educação desenvolveu um site especial com a obra completa do Machado de Assis. Encontram-se os textos completos dos seus romances, crônicas, poesias, contos e peças de teatro, além de outras informações sobre esse autor.


Many Books

Oferece livros que são de domínio público ou que tiveram seus direitos cedidos pelos detentores legais para que fossem disponibilizados no site. Há desde os livros clássicos (como Shakespeare) até os mais contemporâneos. Em diversas línguas, inclusive o português.


The Digital Comic Museum

Considerado o maior museu on-line de histórias em quadrinhos do mundo. Apresenta HQs de domínio público ou que tiveram os direitos cedidos para download. Há edições de 1920 a 1970. Em inglês.


Portal de Periódicos da CAPES

A CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) oferece acesso a diversas publicações científicas. São mais de milhares revistas internacionais e nacionais, além de centenas de bases de dados com resumos em todas as áreas do conhecimento. Os conteúdos estão organizados por editores, assunto e tipo de acesso (gratuito ou restrito). O acesso livre a todo o conteúdo só é permitido a usuários autorizados das instituições participantes do consórcio com a CAPES. Estes usuários são professores, estudantes de graduação, pós-graduação e extensão e funcionários vinculados oficialmente a essas instituições (em geral, instituições de ensino superior e de pesquisa).


Revistas do CPDOC/FGV

O site (e o centro de pesquisa) é desenvolvido pela Escola de Ciências Sociais e História da Fundação Getúlio Vargas - FGV. Além de apresentar trabalhos sobre a história contemporânea brasileira, há também alguns periódicos disponíveis para consulta, como a Revista de Estudos Históricos e a Revista Mosaico.



Patrimônio Cultural e Histórico
Europeana


O Europeana é uma biblioteca digital desenvolvida pelos países da União Europeia. Seu objetivo é tornar acessível o imenso patrimônio cultural de todos os acervos nacionais do continente, que incluem: livros raros, antigos ou cujas edições se esgotaram; pinturas, fotografias, mapas, jornais, manuscritos, documentos, sons e vídeos (incluindo filmes e programas de TV). Utiliza uma plataforma multilíngue, em que pode ser acessado em diversas línguas, como o português.


Biblioteca Digital Mundial

O projeto é fruto da colaboração entre a Biblioteca do Congresso dos EUA, a UNESCO e parceiros por todo o mundo. Foi lançado em 2009 e visa incluir acervos de todo o mundo. Podem ser incluídos, manuscritos, mapas, livros raros, partituras, gravações, filmes, gravuras, fotografias e desenhos arquitetônicos, entre outros. Há documentos, por exemplo, que datam de séculos a.C. Pode-se fazer uma pesquisa por período, lugar, tema, tipo de item e instituição contribuinte. Qualquer biblioteca, museu, arquivo ou outra instituição cultural que tenha conteúdo histórico e cultural interessante poderá participar. Utiliza plataforma em diversos idiomas.


Biblioteca Digital do Congresso dos EUA - Library of Congress

A Biblioteca do Congresso dos EUA disponibiliza através da sua biblioteca digital uma infinidade de recursos que podem ser consultados gratuitamente: documentos, livros, jornais, mapas, fotografias, ilustrações, coleções diversas, etc.


Acervo de Fotografias da Revista Life

A Revista Life, em parceria com o Google, disponibilizou 30% de seu acervo fotográfico neste site, para visualização. Muitas dessas fotos constituem imagens históricas e representativas do período compreendido entre 1860 a 1970. Em inglês.


Biblioteca Nacional Digital de Portugal

Reúne textos e outros tipos de documentos (ilustrações, mapas, partituras e periódicos) representativos da história e da cultura de Portugal. Publica em seções específicas os Espólios sobre os mais importantes autores portugueses: Camilo Pessanha, Antero Quental, José Saramago, Rómulo de Carvalho, Fernando Pessoa, Florbela Espanca, Eça de Queiroz, Vitorino Nemésio e Almeida Garret. Mostra documentos e manuscritos dos autores (incluindo fotografias). Em português.


Biblioteca Digital Brasil - Fundação Biblioteca Nacional

Abrange projetos específicos: Rede da Memória Virtual Brasileira (sobre as expressões culturais das artes, música, literatura e história do país e de suas regiões); A França no Brasil (portal digital entre as Bibliotecas Nacionais do Brasil e da França); Periódicos & Literatura; Guerra do Paraguai; Coleção Thereza Christina (coleção de fotografias do Imperdor D. Pedro II); entre outros. Em português.


Biblioteca Nacional Sem Fronteiras

Programa desenvolvido pela Biblioteca Nacional que visa democratizar o acesso da instituição. É composta por coleções digitais temáticas, refletindo todas as áreas da instituição em em especial os tesouros da Biblioteca Nacional. Seu acervo é dividido em manuscritos e obras raras. Em português.


Brasiliana USP

Esta biblioteca digital é fruto da doação do acervo pessoal do bibliógrafo José Mindlin e sua esposa Guita para a Universidade de São Paulo, que também está sendo materializado na forma de uma biblioteca localizada no campus da USP. Há livros, mapas e imagens em domínio público. Em português.


Biblioteca Digital de Obras Raras e Especiais

Reúne e disponibiliza a íntegra digitalizada de livros considerados raros (levando em conta o valor histórico, a antiguidade e a não existência de outras impressões ou edições), e que estão localizados nas unidades da Universidade de São Paulo.


Biblioteca Digital do Museu Nacional

Disponibiliza itens do acervo de obras raras da Biblioteca do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Essas coleções formam um patrimônio de referência nas áreas de ciências naturais e antropológicas. Os arquivos podem ser baixados através desta página e suas versões em altíssima resolução estão disponíveis para acesso em terminais da instituição.



Ciências Humanas
Bibliotecas Virtuais Temáticas - PROSSIGA


Coleções referenciais que reúnem e organizam informações, presentes na internet, sobre determinadas áreas do conhecimento. Elas são desenvolvidas por meio da parceria do IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia com Instituições que desejam organizar e difundir seus conteúdos temáticos na Internet.

Na área de ciências humanas, disponibiliza as bibliotecas virtuais de: artes cênicas, mulher, estudos culturais e literatura. Também disponibiliza a Biblioteca Virtual Anísio Teixeira, grande educador brasileiro.

Acervo Histórico da Assembleia Legislativa de São Paulo

O setor do Acervo História da Assembleia Legislativa de São Paulo disponibiliza para consulta mais de 350 mil página de documentos originais relacionados à história do legislativo paulista (e, por extensão, um pouco da história política do Estado de São Paulo). Disponibiliza para download as publicações da Alesp, como o catálogo do Acervo História e sua revista; a Galeria dos Presidentes da Assembleia Legislativa de São Paulo; publicações sobre a atuação legislativa de personalidades como as de Caio Prado Júnior, Prudente de Moraes, etc.


Biblioteca Digital do Senado Federal

O acervo digital é variado, dividindo-se entre livros, obras raras, artigos de revista, notícias de jornal, produção intelectual de senadores e servidores do Senado Federal, legislação em texto e áudio, entre outros documentos. As obras são de domínio público ou possuem direitos autorais cedidos pelos proprietários, possibilitando acesso e download gratuitos das obras.


Biblioteca Virtual da América Latina

Desenvolvida pela Fundação Memorial da América Latina, localizada na cidade de São Paulo, com apoios da FAPESP, tem como objetivo disseminar informação e conhecimento sobre a América Latina, nos aspectos das humanidades, ciências e artes produzidos pelo Memorial da América Latina.


Biblioteca Virtual de Direitos Humanos da USP

Criada pela Comissão de Direitos Humanos da Universidade de São Paulo. Oferece acesso a materiais relativos à defesa e à promoção dos Direitos Humanos no Brasil. São abrangidos textos de Direitos Humanos elaborados, aprovados e proclamados pelos organismos internacionais e ratificados pelo governo brasileiro, todos em português.


Biblioteca On Line do SEBRAE

Espaço aberto à construção e compartilhamento do conhecimento, que visa contribuir para o contínuo aprendizado do empreendedorismo, auxiliando o desenvolvimento e o fortalecimento dos pequenos negócios. Desenvolvido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Há muitos textos e cartilhas que explicam detalhes dos vários tipos de negócios e fornecem dicas importantes para o empreendedor.


Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da FGV

O site (e o centro de pesquisa) é desenvolvido pela Escola de Ciências Sociais e História da Fundação Getúlio Vargas - FGV. Apresenta uma série de conteúdos, tais como os dossiês sobre a história do Brasil (50 anos de Brasília, anos JK, Jango e Era Vargas); entrevistas de história oral (a maior parte voltada para o estudo da trajetória e desempenho das elites brasileiras desde os anos de 1930).


Biblioteca do IBGE

A Biblioteca do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE possui um vasto acervo de monografias, mapas, publicações, fotografias, cartazes e demais conteúdos relacionados à documentação territorial do Brasil, assim como a própria produção da instituição.

Em Periódicos RBG e RBE, pode-se acessar o conteúdo das duas revistas publicados pelo IBGE: a Revista Brasileira de Geografia (de 1939 a 1995) e a Revista Brasileira de Estatística (de 1940 a 2000).

Biblioteca Digital Paulo Freire

Projeto desenvolvido pela Universidade Federal da Paraíba, que visa divulgar a produção do educador Paulo Freire.


Observatório de Educação em Direitos Humanos - UNESP

O observatório existe desde 2007 e está ligado à UNESP. No site é possível encontrar um farto material sobre o tema. Em “Biblioteca”, encontram-se artigos, livros, revistas e cartilhas.


Biblioteca Virtual Miguel de Cervantes

É possível encontrar informações e acesso a conteúdos sobre literatura espanhola, língua espanhola e literatura infantil e juvenil. Em espanhol.


Biblioteca Virtual de Literatura

A Biblioteca Virtual de Literatura é um veículo de divulgação e informação destinado a especialistas e pesquisadores, alunos e professores das diversas literaturas e também a leitores e usuários da rede em geral. Com especial atenção à Literatura Brasileira, a BVL ocupa-se ainda das demais literaturas em língua portuguesa e das literaturas latino-americanas e abrange todas as outras literaturas. A literatura dramática está incluída, vinculada às atividades que a levam à cena.



Saúde, Ciências Biológicas, Tecnologia e Exatas
SCIELO (Scientific Electronic Library Online)


Biblioteca digital de artigos de periódicos científicos da América Latina e Caribe, onde há acesso livre ao texto integral (em português, espanhol e inglês). Resultado de um projeto de pesquisa da FAPESP - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, em parceria com a BIREME - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde. A partir de 2002, o Projeto conta com o apoio do CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

A maior parte dos periódicos cobertos é da área de saúde, mas também podem ser encontradas revistas das áreas de Ciências Humanas e Exatas também.

Biblioteca Virtual em Saúde - BVS

Disponibiliza informações em ciências da saúde na forma de fontes de informação, comunicações de eventos, diretórios e portais, etc. Desenvolvida pelo Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde, também conhecida como BIREME, em colaboração com órgãos públicos, como o Ministério da Saúde e o Ministério da Educação.

A metodologia de construção de uma biblioteca virtual, desenvolvida pela BIREME, acabou servindo de inspiração e modelo para outras bibliotecas virtuais temáticas ligadas, de alguma forma, ao tema saúde:
Biblioteca Virtual sobre Trânsito Seguro e Saudável;
Biblioteca Virtual em Psicologia;
BVS Adolec Brasil - Saúde de Adolescentes e Jovens no Brasil;
Biblioteca Virtual em Saúde Pública Veterinária;
Biblioteca Virtual em Legislação em Saúde.

Rede de Informação e Conhecimento - Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo

Reúne e disponibiliza informações sobre a produção científica das instituições de pesquisa na área da saúde, ligadas ao Governo do Estado de São Paulo. Também é possível ter acesso à legislação paulista em saúde.


Bibliotecas Virtuais Temáticas - PROSSIGA

Apresentada anteriormente no tópico “Ciências Humanas”, também disponibiliza, na área de ciências biológicas, exatas e tecnologia, as bibliotecas virtuais de: inovação tecnológica, matemática, saúde mental e reprodutiva. Além disso, disponibiliza as Bibliotecas Virtuais de Notáveis da Ciência e Tecnologia no Brasil e portais temáticos de biodiesel, recursos hídricos e minerais.


Biblioteca Virtual da FAPESP

Desenvolvida pelo Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - FAPESP. Disponibiliza documentos relativos à memória da instituição, assim como as suas publicações, conteúdos de divulgação científica, dissertação e teses apoiadas por ela. O foco é a a informação científica e tecnológica.


Biblioteca Digital de Ciências - Unicamp

Disponibiliza livremente softwares, imagens, teses, monografias e apostilas voltadas ao ensino de qualquer disciplina da área biológica. Também disponibiliza artigos publicados pela Revista Brasileira de Ensino de Bioquímica e Biologia Molecular. É desenvolvido pelo Laboratório de Tecnologia Educacional do Instituto de Biologia, da Universidade Estadual de Campinas - Unicamp. Em português.


Biblioteca Multimídia da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca

Seu objetivo é abrigar os conteúdos produzidos pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, ligada à Fundação Oswaldo Cruz, localizada no Rio de Janeiro. Há textos, animações, áudios, gráficos, imagens, links, apresentações realizadas em eventos da escola e mapas para download. Os temas sempre são ligados à saúde e ciências biológicas. Em português.


Centro Esportivo Virtual

Reúne revistas e livros, teses, bibliografia, informações sobre congressos e outros eventos, legislação relacionada, etc.


Videoteca do IFUSP

O Instituto de Física da Universidade de São Paulo disponibiliza alguns vídeos sobre variados temas relacionados à Física e sua história.

Bibliotecas Digitais de Teses, Dissertações e Monografias
Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações - BDTD
http://bdtd2.ibict.br/
Desenvolvida pelo IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, objetiva integrar os sistemas de informação de teses e dissertações existentes no país, assim como disponibilizar gradativamente para consulta ou download, a produção nacional de teses e dissertações.

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP

Base de teses e dissertações da USP (Universidade de São Paulo), onde os textos podem ser acessados em texto integral. Ressalta-se que nem todas as teses e dissertações defendidas nas unidades das USP estão contidas neste banco, pois ele está sendo alimentado ao longo do tempo.


Biblioteca Digital da Unicamp

Disponibiliza milhares de documentos para download livre, entre teses, dissertações, artigos, entre outros tipos de trabalhos produzidos pelos alunos e pesquisadores da Unicamp.


Banco de Teses da CAPES

Visa facilitar o acesso a informações sobre teses e dissertações defendidas junto a programas de pós-graduação do país. Ele não dá acesso direto ao texto das monografias, mas apenas às informações sobre eles e a instituição de ensino onde estão depositadas. Mas acaba sendo uma mão na roda para encontrar dados sobre teses do país todo. Desenvolvido pela CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.


Bibliotecas digitais de monografias da UNESP

A UNESP - Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” disponibiliza uma biblioteca digital como os trabalhos de pesquisa defendidos em todas as suas unidades, inclusive os trabalhos de conclusão de curso (TCC).


Centro Paula Souza - CEETEPS

Página que disponibiliza as dissertações e monografias produzidas por alunos dos programas de mestrado, especialização e MBA do Centro Paula Souza. O órgão é uma autarquia do Governo do Estado de São Paulo, ao qual estão ligadas as Faculdades de Tecnologia (FATECs) e Escolas Técnicas (ETECs), especializadas em ensino técnico e tecnológico no Estado de São Paulo.